Pesquisa revela elevada porcentagem de coreanos que estão insatisfeitos em viver na Coréia!


Olá!

Pesquisa recente revela que os coreanos não estão satisfeitos em viver na Coréia.

Com as diferenças entre ricos e pobres aumentando na Coréia, as novas gerações estão chamando a Coréia do Sul de "Inferno Chosun". Com a popularização dessa crença, foi realizada uma pesquisa composta por homens e mulheres a fim de comprovar essa crença comum.

Começando no dia 2 de novembro e terminando no dia 12 deste mesmo mês, www.saramin.co.kr conduziu uma pesquisa com 1.655 homens e mulheres perguntando se eles gostariam de viver em outro lugar caso tivessem a oportunidade. Os resultados foram chocantes, no qual 78,6% votaram que "sim, eles gostariam de morar em outro lugar se tivessem a oportunidade".


As mulheres tiveram uma tendência maior de querer morar em outro lugar com 81,1%; enquanto 77% dos homens responderam "sim". Além disso, os dados também estão relacionados à idade, já que os mais jovens tem mais vontade de se mudar do que os mais velhos. Entre os coreanos em seus 20 anos de idade, 80% responderam que sim, enquanto os que estavam em seus 50 anos, 59% responderam sim.

Entre as principais razões que incluem a vontade de se mudar, estão inclusas:

  1. Eles querem mais liberdade em suas vidas ao invés de procurar emprego ou ser pressionado em seus trabalhos.
  2. As condições como um todo são as piores vivendo na Coréia.
  3. A injustiça em relação a diferença de rendas.
  4. O medo da vida após a aposentadoria.
  5. Odeiam o fato da Coréia ser competitiva em tudo.
  6. Sentimento de que o país não consegue proteger seus cidadãos.
  7. Querem ter as vantagens e benefícios de outros países.

Outro dado chocante é que 47,9% dos entrevistados afirmaram estar se preparando lentamente para se mudar para outro país fazendo atividades como estudar, preparar currículos, guardar dinheiro, procurar opiniões e estudar diferentes culturas.

Fonte: Koreaboo

Até mais!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário